Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Do Futebol

Blog de análise ao futebol: sério, irónico, crítico, construtivo, mas também intolerante para quem não tem princípios nem entende que a vida está muito para além dum pontapé numa bola.

Do Futebol

Blog de análise ao futebol: sério, irónico, crítico, construtivo, mas também intolerante para quem não tem princípios nem entende que a vida está muito para além dum pontapé numa bola.

ESTORIL-PORTO

porto-1021x580.jpeg

 

O Porto, muito provavelmente, colocou uma pedra sobre qualquer veleidade que Benfica ou Sporting ainda pudessem ter quanto á atribuição do título de campeão nacional 2017 / 2018.

Os portistas cumpriram a sua tarefa na Amoreira. Impuseram um futebol de toque curto, apoiado e veloz no momento da decisão, ainda que muito beneficiasse da passiva defesa canarinha. O Estoril, tal como alvitrei no último post, encheu-se de medo, adoptou estratégia incompreensível e permitiu que o adversário dominasse em todos os sectores do terreno, apesar de estar a jogar com o vento -- não muito, ainda assim -- pelas costas.

 

DWlGzS3W4AEcH-a.jpg

 

As referências vão para a estapafúrdia decisão do árbitro ao validar o primeiro golo portista. Uma bola parada. Como é possível que juiz, fiscal de linha e VAR ignorassem o posicionamento irregular de quatro jogadores, todos a tentarem interferir na jogada, e, no caso de Soares, a contribuir efectivamente para iludir Renan? (Parece que agora se diz algo como causar impacto)

A segunda ressalva vai para a lesão de Alex Telles. Parece prematura qualquer conclusão, contudo, será lamentável a hipotética futura ausência dos relvados do defesa-esquerdo (tal como é a de Krovinovic).

 

ARBITRAGEM

 

image.jpg28162320_1777353472296018_8622500083636386798_o.jp

 

João Capela e Vasco Santos fazem-nos pensar se estamos a assistir a uma competição séria ou a uma palhaçada. E os grandes... sempre os grandes beneficiados.

 

AINDA O TONDELA-SPORTING

 

wc.jpg

img_2119.jpg

 

As reacções leoninas, treinador, director de comunicação, comentadores, às incidências da partida realizada na segunda-feira, deixaram-me estupefacto. Pretender ter razão naquelas circunstâncias, só pode resultar de um fanatismo patológico. E já agora: alguém dentre aqueles já se preocupou em questionar o estado físico do atleta do Tondela agredido por Wiliam? Nem mesmo o último? É, no mínimo, uma questão de fair-play desportivo.

 

BLOGNOVELA

 

D-João-VI-o-beija-mão-1.gif

 

Sua Majestade D. Bruno promoveu as primeiras cortes do seu novo mandato. Recebeu, em audiência, uma delegação do Clero, Nobreza e Povo, a qual lhe entregou petição escrita. Que queriam os treze para assim incomodarem o monarca?

-- Guitos, pilim, aquilo com que se compram os melões -- assim lhe responderam. -- O que possamos vir a perder e o que teremos de pagar a título de indemnização, sem esquecer danos de imagem.

Face à não inclusão de tais verbas no orçamento real, aliado às presentes dificuldades de tesouraria, S.M. decidiu conceder o seu aval a que aqueles efectuassem o respectivo saque junto dos canais de televisão, onde habitualmente se entretêm a berrar com outros "cartilheiros e paineleiros", cito.

Do preâmbulo da nova lei, resulta 

...que passou a ser fundamental... aquilo que o tinha deixado de ser;

...que os sentimentos dos sócios exigem a tomada de posição... bem ao contrário dos aplausos que se escutaram no dia 17;

...que se defendem os interesses do reino... onde antes se havia decidido proceder a fossados e razias;

...que não voltarão a serem ultrapassados limites... que os próprios cortesãos jamais respeitaram.

 

Questionado por Nelito Ensarilhado sobre a razão do seu nome aparecer na décima posição na lista entregue ao meirinho-mor, o rei retorquiu:

-- Não és duque, marquês ou conde. Não passas dum pajem.

-- E os nossos pares, aqueles que não vieram à reunião? -- insistiu o súbdito, algo envergonhado

O rei estendeu a mão e, com o gesto adequado, simulou a degolação daqueles.

Acabada a sessão, os presentes ajoelharam e beijaram a real mão.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub