Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Do Futebol

Blog de análise ao futebol: sério, irónico, crítico, construtivo, mas também intolerante para quem não tem princípios nem entende que a vida está muito para além dum pontapé numa bola.

Do Futebol

Blog de análise ao futebol: sério, irónico, crítico, construtivo, mas também intolerante para quem não tem princípios nem entende que a vida está muito para além dum pontapé numa bola.

A TRIGÉSIMA-TERCEIRA JORNADA DO CAMPEONATO

OS GRANDES

 

benfica.jpg

 

O Benfica venceu o Guimarães produzindo exibição de qualidade, ficando por saber se inteiramente por méritos próprios, se permitida por um adversário acomodado no quarto lugar. Os vimaranenses, com pretensões ainda elevadas na presente época, deixaram para trás dores alheias que lhe imploravam a vitória na Luz. A diferença de cinco golos é sintomática e, acima de tudo, peca por escassa, tantas foram as oportunidades desperdiçadas pelos encarnados.

 

sporting.jpg

 

O Sporting bateu no fundo, arrasta-se pelos campos, perde sucessivamente com colossos como o Belenenses e o Feirense. Prò ano há mais!... mas dificilmente lhe correrá melhor do que neste.

 

porto.jpg

 

O Porto começou mal, redimiu-se, Soares Dias foi amigo. Acabou-se: o segundo é o primeiro dos últimos.

 

A DESPROMOÇÃO

 

tondela.jpg

 

O Tondela continua a lutar pela bóia salvadora. Retribuíu o resultado da primeira volta ao Arouca, e, assim, colocou o adversário de ontem na indesejada luta pela manutenção, ainda que com vantagem na diferença de golos que, para já, é penalizadora para os tondelenses.

 

moreirense.jpg

 

O Moreirense tenta passar por entre os pingos da chuva. A próxima jornada reserva-lhe o Porto em casa. Pode não ser necessária a vitória, contudo, o melhor será não esperar pela ajuda do Braga.

 

OS JOGADORES

 

andre-carrillo.jpg

Carrilho

Apareceu desenvolto na partida e extrovertido na festa, o que contrasta com a atitude que se lhe notou em toda a época. Na hora de se sagrar campeão, não se esqueceu de mandar um abraço para o seu algoz, Bruno de Carvalho. Podendo equacionar-se a oportunidade com que o fez, não deixou de soar a vingança pelo que terá sofrido às mãos do presidente do Sporting. Cá se fazem, cá se pagam.

 

 

 

ederson.jpg

Ederson

Não tem estado bem desde o penalty cometido em Alvalade. Ontem fez um passe de oitenta metros, verdadeira assistência para golo que não desdenharia a qualquer jogador de campo. Que readquira a confiança alardeada ao longo da época, são os desejos benfiquistas. 

Uma questão: porque não tenta o treinador repetir mais frequentemente tal situação, posta a qualidade de passe longo do seu guarda-redes?

 

soares.jpg

Soares 

Tantas fez que agora os árbitros desconfiam de toda e qualquer tentativa de sacar faltas. Semeaste ventos, colhes tempestades.

 

 

 

 

 

OS TREINADORES

 

pepa.jpgpetit.jpg

 

Pepa e Petit

Trocaram-se na condução das respectivas equipas. O que um começou, cabe ao outro acabar. Quem se vai ficar a rir?

 

rui vitória.jpg

 

Rui Vitória

Ganhou, não há volta a dar.

 

jorge jesus.jpgnuno espirito santo.jpg

 

Jesus e Espírito Santo

Os discursos de ambos denunciam estarmos perante homens derrotados. O primeiro dificilmente voltará a ser campeão em Portugal; o segundo vai, muito provavelmente, ter de relançar a carreira. Jesus está dependente da "sintonia" com o presidente; Espírito Santo diz que tem mais um ano de contrato. A ver vamos.

Num aspecto estiveram ambos bem: ao dar os parabéns pelo título ao Benfica, ainda que com diferentes palavras, intenções e perspectivas.

 

ASPECTOS TÉCNICOS

 

arbitro.jpg

 

Lei 11

Não há infração de fora de jogo quando um jogador recebe a bola diretamente de um pontapé de baliza (...)

Não sou perito em arbitragem, porém, no segundo golo do Benfica, Ederson não bateu qualquer pontapé de baliza, antes deu sequência à jogada como qualquer outro interveniente o faria, pese o facto de as regras lhe permitirem jogar com as mãos. Foi mesmo regular a jogada?

 

PARA MEDITAR

 

canelas.jpg

 

sol.sapo.pt/artigo/562958#disqus_thread

Sem palavras.

O TETRA

transferir.jpg

 

Está por terminar a penúlima jornada do campeonato e o Benfica já é campeão nacional. Até Jesus, imagine-se, aceita tratar-se de justo vencedor. Sinais dos tempos, dir-se-á. Veremos o que Nuno Espírito Santo dirá mais logo.

O agora tetra campeão nacional, é, de muito longe, a mais consistente e solidária equipa portuguesa. Sem possuir um plantel por aí além, tem a estrutura de que mais ninguém se pode orgulhar: Bruno de Carvalho não passa de um aprendiz de feiticeiro ao pé de Vieira; Pinto da Costa está senil, e só os sequazes o continuam a apoiar. Meus caros: a continuarem assim, venha o penta, com ou sem Ederson, Semedo ou Lindelof. Cenário embaraçante, não?

À jornada voltarei amanhã. Acerca do campeonato e dos seus intérpretes, discorrerei mais tarde.

A TRIGÉSIMA-SEGUNDA JORNADA DO CAMPEONATO

OS GRANDES

 

porto.jpg

 

O F.C.Porto disse, definitivamente, adeus ao título, ainda que continue a querer tapar o sol com a peneira da matemática (ou da álgebra: quem de seis tira cinco...) Repito o que aqui escrevi: a equipa, o treinador, a administração, não têm estofo de campeão. Falharam uma, duas, três, quatro, cinco vezes nas últimas jornadas; todos. Depois queixam-se da arbitragem, como se não fossem protegidos, tal qual aconteceu ontem com a falta -- mais uma -- de Filipe sobre Keita, a justificar amarelo e respectivo pontapé da marca de grande penalidade. 

Ah, é verdade! O Marítimo nem precisou e fazer um jogo por aí além. Bastou explorar a insegurança portista

 

sporting 2.jpg

 

O Sporting demonstrou tantas limitações, que, faltando-lhe a velocidade e rebeldia de Gélson, limita-se, vezes sem conta, a cruzar bolas para a área adversária à espera da cabeçada salvadora de Das Bost. Levou -- em casa, imagine-se -- três do "Belém", uma das piores equipas do campeonato. A equipa está como o treinador: sem ideias.

benfica.jpg

 

O Rio Ave-Benfica foi um belo jogo de futebol, intenso como só a espaços se joga em Portugal. Duas equipas quiseram vencer; foi premiada a que teve a estrelinha da sorte e os jogadores de maior classe. O campeão foi competente, era isso o que se lhe pedia. O tetra está ao virar da esquina

 

OS JOGADORES

 

adrien.jpg

Adrien

O Sporting sofreu três golos de bola parada. Os segundo e terceiro resultaram de livres a castigar sucessivas faltas do capitão sportinguista no meio-campo. 

 

 

 

camára.jpg

Camará

Chateado com tanta ingratidão dos adeptos (?), o capitão -- agora despromovido -- anunciou que se vai embora. Assumiu com coragem a marcação da grande penalidade e converteu-a com um remate indefensável. Mostrou carácter.

 

jonas.jpg

Jonas

Para além do jogador que é, representa também a alma encarnada. Impagável.

 

 

 

 

 

 

krovinovic.jpg

Krovinovic

Se o Rio-Ave vale pelo todo, o jovem croata possui a classe individual que os colegas não atingem. Jogador a seguir.

 

 

 

 

 

OS TREINADORES

 

image.jpg

 

Jorge Jesus

Lá bem no fundo, está a fazer força para que o Benfica ganhe o campeonato. É que depois de tanta fanfarronice sem sentido, só Pinto da Costa o poderá salvar de ir amandar caralh.... para a Ásia. 

O "cérabro embaralha-se" todo. Vamos às tiradas de ontem:

1) "...todos os golos sofridos aconteceram de bola parada, momentos que, por vezes, não é possível controlar..."

Não? Ora bolas, lá se vai o estatuto de mestre da táctica;

2) "Ofensivamente, na segunda parte, estivemos bem, fizemos o golo, e fomos sempre melhores que o Belenenses"

Não foi o Ventura que deu um tremendo "frango"?

3) Anteontem:

Tática e estrategicamente muda alguma coisa, porque os jogadores são diferentes, mas o sistema não. É o sistema que temos vindo a trabalhar e por entrarem dois jogadores diferentes não quer dizer que tenha de mudar"

Ontem:

"As alterações (...) não melhoraram a equipa (...) tive de ir buscar segundas opções, notou-se alguma falta de conhecimento em termos de bolas paradas"

-- Quem fez as alterações?

-- Castagnos, Campbell e Geraldes são "jogadores diferentes"? Errado, não passam de "segundas opções".

-- Castagnos, Campbell e Geraldes têm "falta de conhecimento em termos de bolas paradas"? Não têm trabalhado no "sistema"? É que os dois primeiros estão lá desde o princípio da época; o terceiro, há quatro meses. 

 

nuno espírito santo.png

 

Nuno Espírito Santo

Foste!

 

daniel ramos.jpgpedro martins.jpg

luis castro.jpg

 

Daniel Ramos, Pedro Martins, Luís Castro

Como o mundo se divide entre poderosos e fracos, também a minha mente se tem ocupado dos treinadores dos grandes e dos pequenos, quiçá, sobretudo, a necessidade de apoiar os últimos, de os incentivar a quebrar barreiras, coisa que fiz com Nuno Manta e Ricardo Soares. É tempo de corrigir tamanho despautério: Daniel Ramos, Pedro Martins e Luís Castro têm feito trabalho meritório, e merecem o destaque que aqui deixo.

 

transferir.jpg

 

Domingos

Teve ontem o seu momento de glória. Merece-o pela sua forma de estar no futebol. Ontem deu um banho de táctica em Jorge Jesus. Vamos desejar a Domingos a sorte que não teve noutras ocasiões, a que lhe faltou ali mesmo, em Alvalade, quando, amargurado, disse: "Até médicos dão palpites sobre a equipa". Barroso, na ocasião, sacudiu a água do capote.

 

OS DIRIGENTES

 

pinto da costa.jpg

 

Pinto da Costa

Anda a protelar o afastamento do cargo que há 35 anos desempenha. Percebe-se que espreite a oportunidade para sair pela porta grande, porém, são tantos os disparates de gestão cometidos na ultima meia-dúzia de anos, que só o incompetente Jorge Jesus lhe permitiria a dobradinha de Vitor Pereira, quando o filão de "90" se mostrava esgotado. Há quatro anos que nada ganha; esvai-se o tempo de Pinto da Costa. Não soube sair na ocasião correcta. Como ninguém é eterno, o presidente portista vai ser recordado como um pesadelo. No Coliseu se passeou; da Rocha Tarpeia acabará lançado. Ingratidão dos tempos ou más opções pessoais?

 

img_797x4482017_01_16_12_38_49_202916.jpg

 

Bruno de Carvalho

Após o desastre matinal, veio fazer voz grossa, ameaçar que as coisas vão mudar, que está farto.

Abafas lançadas ao vento para com papas e bolos enganar os tolos. Como pode mudar o que quer que seja no clube, se Bruno é o problema do Sporting?

 

ASPECTOS TÉCNICOS

 

video_00-720x480.jpg

 

Não desejes muito uma coisa, pois ela pode-te acontecer, é ditado sage. O tão ambicionado vídeo-árbitro vai entrar em vigor na próxima época. Subitamente, os treinadores começaram a multiplicar os alertas para as limitações da "coisa". É que a expectativa de clubes e adeptos é uma e só uma: os penaltis vão ser todos a nosso favor; os jogadores adversários estarão sempre fora-de-jogo; o nosso atleta teve um gesto pio com os pitons da bota.

Não vai ser assim? Ai não? Então acabe-se já com a roubalheira do vídeo-árbitro.

A TRIGÉSIMA-PRIMEIRA JORNADA DO CAMPEONTO

OS GRANDES

 

benfest.jpg

 

O Benfica viu-se e desejou-se para levar de vencida um Estoril Praia muito diferente do de antanho, restando, porém, a dúvida se Fabiano Soares, com tempo e estabilidade, não faria o que Pedro Emanuel parece agora encetar. 

Os encarnados ficaram muito aquém do que podem e devem fazer, e, tal como na recta final do campeonato do ano passado, arrastam a ambição pelo campo, crentes que a extraordinária solidariedade que a equipa irradia vai chegar para tudo. A ver vamos.

 

comemoracao_golo_vs_chaves_290417.jpeg

 

 

O Porto ganharia sem mácula, não fosse Maxi Pereira aproveitar-se da complacência do árbitro na parte inicial do encontro, o que lhe permitiu ter chegado aos minutos finais, e fazer entrada incompreensível sobre um colega de profissão. O Chaves está muito longe da equipa que há dois, três meses inspirava receios a quem passasse para lá do Marão. É que ali, parece, já não mandam os que lá estão!

 

transferir.jpg

 

O Sporting ganhou em Braga. Reagiu ao golo inicial do adversário; empatou graças à conversão dum dos dois penaltis que teve a favor; adiantou-se no marcador; superou um erro à Rúben Semedo de Paulo Oliveira; e voltou a marcar. Três golos de Bas Dost que, se dizem da capacidade finalizadora do holandês, também muito esclarecem da confrangedora exibição minhota. Uma defesa que não marca; um meio-campo sem agressividade nem esclarecimento; um ataque perigoso; eis o Braga que Abel herdou. O último comentário vai para a equipa de arbitragem: ao nível do futebol praticado pelo Braga.

 

OS PEQUENOS

 

image.jpg1024.jpg

 

Tondela perdeu, e Moreirense empatou. Vão continuar a saga pela fuga à despromoção, muito provavelmente até à última jornada.

 

OS JOGADORES

 

img_370x217$2017_04_30_00_41_03_1257909.jpg

Jonas

É o único jogador de classe mundial a actuar em Portugal; pena que já tenha 33 anos. Faz a diferença, tal como Hulk, por exemplo, o fez quando pelo Porto passou. Ontem, naquelas cicunstâncias, só ele seria capaz de marcar um golo daqueles.

 

529083474.jpg

Gelson

Voltou a fazer um jogo de grande qualidade. Está a começar a desaparecer do jogo cada vez mais cedo, à medida que o ponteiro se aproxima do final do tempo regulamentar. É natural, posta a sobrecarga de jogos que acumula.

 

Xadas.jpg

Xadas

Tem pouco tempo de jogo na divisão principal, mas um curriculum interessante pelo Braga B. O jovem entrou desinibido, talvez até demais, contudo, deixou no ar a ideia de que poderia trazer alguns amargos de boca ao Sporting se tivesse sido chamado mais cedo. 

 

 

 

 

 

 

img_770x433$2016_07_17_13_30_27_1130868.jpg

Podence

Possui características muito particulares. É mesmo aquele o lugar em que mais rende?

 

 

 

 

 

OS TREINADORES

 

img_605x340$2017_04_29_21_28_22_1257836.jpg

 

Rui Vitória

Sendo certo que quem treina (à porta fechada) os jogadores é quem os conhece melhor, não é menos correcto afirmar-se que o que vale é o que uma equipa e os seus respectvos jogadores produzem em jogo ( à vista de todos).  O treinador das águias tem ao seu dispor cinco alas. Muito tem alterado a sua opção ao longo da época. Para quem está de fora e só assiste aos jogos, parece óbvio que Sálvio é o titular mais do que discutível; Cervi um bom suplente, sobretudo quando toca a ajudar a defesa; Zivkovic o que melhor qualidade de passe possui; Rafa o mais desequilibrador; Carrilho o esbanjador de oportunidades. Era bom que Vitória nos explicasse a todos porque não são titulares Zivkovic e Rafa.

Nota: São proibidas explicações do tipo "opção técnica".  

 

SalvadorSCBSCP.jpg

 

Abel Ferreira

Dentre os fatores que controlamos estivemos bem: organização, gestão de jogo, capacidade de sacrifício.

Compreende-se o objectivo da mensagem; todavia, inverdadeira.

 

ASPECTOS TÉCNICOS (1)

 

futebol-26-728.jpg

 

Tenho dificuldade em entender o papel dos médios defensivos. A confusão é de tal forma, que assistimos à proliferação de jogadores a ocuparem o lugar, com características tão antagónicas como Feijsa, Danilo, Rúben Neves, William Carvalho ou Assis. O primeiro tem cultura de posicionamento; o segundo joga bem de cabeça; o terceiro qualidade de passe; o quarto serenidade no jogo de pés; o último agressividade. E todos são limitados, pois são mais as características em falta do que as latentes.

Se estão lá para permitir a projecção dos dois laterais, porque não jogar à italiana, com três defesas centrais, tal como o faz a Juventus.

 

ASPECTOS TÉCNICOS (2)

 

leis-de-jogo-35-638.jpg

 

Aílton, defesa-esquerdo do Estoril, efectuou, ontem, uma dezena de lançamentos de linha lateral, todos executados com uma só mão. Torceu o tronco, e, qual jogador de basquetebol, apoiava a bola numa mão para a lançar a distância com a outra, como o fazia Marco Caneira no seu tempo. O árbitro consentiu.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub